A aposta da Jerónimo Martins no agroalimentar arrancou há cerca de cinco anos, mas só agora começa a ganhar ‘forma’. A companhia anunciou esta semana a aquisição de uma nova herdade em Monte Trigo, em Évora, com um total de 1100 hectares e uma produção diária de 30 mil litros de leite à qual se soma em breve uma produção anual de 10 mil cabeças de gado para carne Angus. Esta

Desde 2012, ano da sua génese, que a GEOCAKES se preocupa com a qualidade dos produtos endógenos de modo a colmatar as lacunas do mercado. Eis que surge uma excelente oportunidade de satisfazer estas duas premissas. Continuando a usar produtos locais, a GEOCAKES aposta na disponibilização de produtos VEGANOS, mas mais que dizê-lo, é preciso comprová-lo. Através de uma parceria com o Centro Vegetariano, Associação Ambiental para a Promoção do

Queijaria da Soalheira vence Sabor do Ano 2018 Sabor do Ano: http://sabordoano.com/produtos-vencedores-sabor-do-ano-2018/

A cada 10 anos, um novo marco histórico na vida desta empresa. Assim se podem resumir as três décadas de atividade da Lugrade, comemoradas no ano de 2017. E tudo começou com o azeite, parceiro indissociável de um bom bacalhau, que serviu de rampa de lançamento para este negócio de família. Sediada em Coimbra, a Lugrade persegue a missão de servir ao consumidor português, e não só, aquele que considera ser

Reportagem: Na pequena aldeia de Carvalhal, no concelho de Proença-a-Nova, Rita Santa Cruz seguiu o exemplo da mãe e começou a produzir artesanalmente doces e compotas. http://boacamaboamesa.expresso.sapo.pt/bcbm-tv/2018-01-09-Doces-Saberes-compotas-e-geleias-artesanais-em-Proenca-a-Nova oi na casa dos bisavós, datada de 1731, que Rita Santa Cruz arregaçou as mangas e decidiu seguir as técnicas ancestrais ensinada pela mãe na arte de preprarar, artesanalmente, doces e compotas, a partir dos produtos sazonais da horta. Hoje, a empresa Doces Saberes, localizada na Na pequena aldeia de

Lídia Santos, Business Development Director da Nutrigreen, explica, nesta entrevista, qual o posicionamento da empresa que atua na área da transformação de frutas, em sumos, purés e derivados. Entrevista: Ana Clara Fotos: Nutrigreen TecnoAlimentar: Fale-me um pouco da história da empresa e da sua atividade em Portugal, que conta já com mais de uma década? Lídia Santos: A Nutrigreen foi constituída em 2007 e iniciou a sua atividade em 2009, na vertente

O queijo fresco de ovelha “Seia” dos Queijos Tavares, de Seia, e o queijo de cabra “Quinta da Cabreira” (cura prolongada) da Lactibar – Lacticínios do Sabugal venceram as respetivas categorias do concurso “Queijos de Portugal” promovido pela Associação Nacional dos Industriais de Lacticínios. A nona edição deste desafio premiou os 21 melhores queijos nacionais e atribuiu 41 menções honrosas, das quais cinco foram atribuídas a produtores da região. São